A Rede Social (Filme do Facebook, pros Leigos)

A Rede Social (Filme do Facebook, pros Leigos)

Escrito por em Jan 14, 2011 na categoria Drama | Comments

Facebookers, Twitters e Orkutianos da vida.

Ta aí uma bela surpresa em forma de filme. Quando me disseram que iam fazer um filme sobre o facebook eu pensei? WHAT??????

Mas não é exatamente o que eu pensava… Queimou a minha língua e a de muita gente…(mas o filme do banco imobiliário eu DUVIDO que vai ser bom)

Então vamos ao filmeeeeee…..

Em 2003, na Universidade de Harvard, o estudante Mark Zuckerberg (Jesse Einsenberg)tem a ideia de criar um website para medir a beleza das estudantes de Harvard após sua namorada Erica Albright terminar com ele (por que ele é um tremendo babaca). Mark invade as bases de dados de vários alojamentos, baixa as fotos e o nome das estudantes e, em algumas horas, usando um algoritmo dado por seu melhor amigo Eduardo Saverin (Andrew Garfield), ele cria o “FaceMash”, onde os estudantes homens escolhem quais das duas estudantes apresentadas são mais atraentes.

Mark é punido com seis meses de suspensão depois que as visitas do site fazem os servidores de Harvard cairem. Ele se torna uma espécie de “vilão” para a comunidade feminina da universidade. Entretanto, a popularidade do “FaceMash” e o fato que ele o criou o mesmo em uma noite, chama a atenção dos gêmeos Cameron e Tyler Winklevoss (Armie Hammer, e eu digo que so descobri que não eram gemeos quando li que foi interpretado por um unico ator), da equipe de remo, e seu parceiro Divya Narendra (Max Minghella). Como resultado, Mark começa a trabalhar para os Winklevoss como programador do site “Havard Connection”. Mas ele passa as proximas semanas enrolando os irmãos Winklevoss. O filme é passado mostrando uma audiencia do processo dos irmãos Winklevoss contra Mark e tambem de Eduardo contra Mark. (inclusive na audiencia dos Winklevoss, Eduardo tambem participa, mas como testemunha do caso)

(Voltando ao passado) Pouco tempo depois, Mark fala com Eduardo sobre sua ideia para o site “Thefacebook”, uma rede social exclusiva dos estudantes de Harvard. Ele explica que isso iria permitir que as pessoas compartilhassem suas informações pessoais e sociais em segurança. Eduardo concorda em ajudar Mark dando a ele US$ 1.000 para iniciar o site. Eles distribuem o link para as conexões de Eduardo no Phoenix S-K Club (uma dessas fraternidades de faculdade, saqualé. Inclusive, pelo que parece, Mark morria de ciumes por Eduardo ter conseguido ser aceito na fraternidade e ele não) e rapidamente se transforma em um sucesso entre os estudantes. Quando os Winklevoss e Narendra descobrem sobre o Thefacebook, eles acreditam que Zuckerberg roubou suas ideias. Cameron e Divya querem processar Mark por roubo de propriedade intelectual, porém Tyler os convence que eles podem resolver o assunto como “cavalheiros de Harvard”, sem precisar ir para o tribunal.

Após uma palestra de Bill Gates, a também estudante de Harvard Christy Lee se apresenta junto com sua amiga Alice para Eduardo e Mark. Ela pede aos garotos: “nos adicionem no Facebook”; o uso dessa frase impressiona os dois. Christy os convida para irem ao bar, onde ela e Eduardo fazem sexo no banheiro. Mark depois encontra sua ex-namorada, Erika, que não conhece o Facebook por não ser uma estudante de Harvard. (ela o esculacha na frente dos amigos dela, por que ele, na noite em que terminaram escreveu uma penca de buesta sobre ela no blog dele) Surpreendido por isso, Mark decide expandir o site para outras escolas.

Por intermédio de Christy Lee, agora namorada de Eduardo, eles conseguem marcar um encontro com Sean Parker, co-fundador do Napster. Quando Christy, Eduardo e Mark encontram com Parker, Eduardo fica cético quanto a Parker, questionando sua personalidade problemática e sua história profissional (Parker ja havia tido problemas com drogas e falido algumas empresas). Christy nota que Eduardo parece estar com inveja de Parker e tenta acalmá-lo para evitar um constrangimento. Mark, entretanto, fica impressionado com Parker por ele apresentar uma visão similar a dele. Apesar de nenhum acordo ser feito, Parker sugere que eles tirem o “The” de “Thefacebook” e deixem o nome do site como apenas “Facebook”. Eduardo mais tarde reconhece que essa foi a única contribuição de Parker para o projeto.

Seguindo uma sugestão de Parker, Mark muda a sede da companhia para Palo Alto, enquanto Eduardo fica em Nova York para procurar patrocinadores. Quando Eduardo os visita, ele fica bravo por encontrar Parker vivendo na casa que eles alugaram e fazendo decisões sobre os negócios do Facebook (e fazendo tremendas zonas na casa). Depois de discutir com Mark, Eduardo cancela a conta da companhia e volta para Nova York. Quando ele chega em Nova York, Christy briga com Eduardo sobre seu perfil no Facebook, que o lista como “solteiro”. Quando ela pergunta a ele o porque de ele não ter alterado seu perfil, ele diz que não sabe como, fazendo Christy acreditar que ele está mentindo. Ela cita o perfil dele como prova que ele a está traindo com uma mulher do Vale do Silício. Ela taca fogo no cachecol que ela havia recebido dele como um presente. Enquanto Eduardo tenta apagar o fogo, Mark revela pelo telefone que eles haviam recebido dinheiro de um investidor através dos contatos de Parker.

Enquanto isso, na Inglaterra, enquanto competiam em uma regata em Henley, os Winklevoss descobrem que o Facebook se expandiu para três universidades lá. Eles decidem processar Mark. Eduardo descobre que o acordo que ele havia assinado com os investidores de Parker lhes permitiu diluir a sua parte na empresa de 34% para 0,03%, enquanto mantinha a parte de todos os outros. Eduardo ve que foi passado para trás por Mark, que ele considerava seu melhor amigo, e confronta Mark dizendo que vai processá-lo (nessa cena percebemos que tudo foi influenciado por Parker. Que toma a frente em expulsar Eduardo da sede do facebook. Eduardo ainda o esculacha, dizendo que é mais homem do que ele antes de sair) Mais tarde naquela noite, durante a festa de 1 milhão de membros do Facebook, Parker e alguns estagiários do Facebook são presos por porte de cocaína.

Na última cena, uma das advogadas de Mark informa que eles vão fazem um acordo com Eduardo, já que os detalhes da fundação do Facebook e a personalidade de Mark vão fazer o juri ficar contrário a eles. O filme termina com Mark mandando um pedido de amizade para sua antiga namorada Erica via Facebook e atualizando a página esperando por uma resposta.

Terminamos vendo que Eduardo embolsou uma grana federal no acordo que não foi divulgado, e os irmãos Winklevoss ganharam 65 milhões…(Se os Winklevoss levaram isso, imagina quanto o Eduardo não levou ne)

VALE A IDA AO CINEMA?

Cara, eu achei que era um filme pra se ver em casa. Ir ao cinema? Hum… pode até ser. Vale a pena, porque é um filme muito bem feito, inteligente e que por mais que seja uma biografia te prende. É uma bela surpresa, as atuações do Eisenberg (de Zumbilandia) e do Andrew Garfield (Não, não vou fazer nenhuma piadinha tosca com o gato, ok) que inclusive será o novo homem aranha, o que após ver esse filme me deixa com uma boa expectativa. A rede social promete o que cumpre… Então se você não ta afim de mais filmes em 3D, vai dar uma chance pra um filme mais serio. O Facebook é a pedida…

Curiosidades

- A frase You don’t get 500 million friends without making a few enemies (usada no poster do filme) pode ser traduzida para o português como “Você não consegue 500 milhões de amigos sem fazer alguns inimigos”, sendo o número uma referência a quantidade de usuários do Facebook em 2010.

Os atores Jesse Eisenberg e Andrew Garfield tornaram-se amigos durante as filmagens.

Os gêmeos Winklevoss eram ambos interpretados pelo ator Armie Hammer. No entanto, o modelo da Ralph Lauren, Josh Pence, atuou como um deles em uma cena, aparecendo apenas do pescoço para baixo.

Justin Timberlake foi o único ator que encontrou seu personagem na vida real (Sean Parker) antes de filmar o longa-metragem. Armie Hammer conheceu seus personagens – os gêmeos Winklevoss – na vida real, após o término do filme.

A atriz Natalie Portman auxiliou o roteirista Aaron Sorkin, a escrever o script, contando algumas histórias que aconteceram em Havard, durante o período em que foi estudante da universidade (1999-2003)

Mark Zuckerberg recusou-se a contribuir com o filme e com o livro.

Nenhum funcionário da empresa colaborou com o livro ou o filme. Apenas Eduardo Seravin serviu como consultor para a obra literária.

O primo do ator Jesse Eisenberg trabalha no facebook.

Jesse Einseberg admitiu recentemente para a imprensa que não tem conta no Facebook e não pretende criar uma.

No primeiro fim de semana de estréia, o longa metragem arrecadou mais de US$ 22 milhões.

Atualmente os principais acionistas do Facebook são o CEO Mark Zuckerbereg (24%), a Accel Partners (10%), Dustin Moskovitz (6%), a Digital Sky Technologies (5%) e Eduardo Saverin (5%). Há também outros sócios minoritários como Mark Pincus, o fundador da Zynga, dona do famoso jogo FarmVille, e Reid Hoffman, fundador do Linkedln.

Eduardo Saverin mantém um perfil no Facebook.

Be Sociable, Share!


Comments

  1. cialis says:

    Many thanks for your post! I really enjoyed seen this.